Artigos

Divulgaremos neste espaço artigos relacionados à questão da instrumentalização do ensino para fins político-partidários e ideológicos.

As páginas do EscolasemPartido.org estão abertas a todos os que tenham algo a dizer sobre o tema de que nos ocupamos, não importando a faixa do espectro político-ideológico em que se situem.


MP processa colégio particular de BH por martelar ideologia de gênero na cabeça dos alunos

Leia a petição inicial da ação civil pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais contra a mantenedora do Colégio Santo Agostinho, em Belo Horizonte. Com as devidas adaptações, a petição inicial pode servir de modelo para pais que se sintam lesados pela imposição da ideologia de gênero processarem a escola dos seus filhos, lembrando que a lei dos Juizados Especiais não exige a representação por meio de advogado se o valor da causa for inferior a 20 salários mínimos.

(Para baixar em formato Word, clique aqui)

Leia mais...

Leia o parecer do relator do Projeto Escola sem Partido na Câmara dos Deputados

Lido hoje, 08.05.2018, na Comissão Especial do Escola sem Partido, na Câmara dos Deputados, o brilhante parecer do Dep. Flavinho (PSC-SP), pela aprovação do projeto de lei que institui em todo o país o Programa Escola sem Partido.

Na foto, os Deputados Flavinho e Marcos Rogério (DEM-RO), presidente da Comissão; ao centro, o advogado Miguel Nagib, fundador do ESP.

Clique AQUI para ler a íntegra do parecer. 

Escola sem Partido obtém liminar na Justiça para que calouros da UFLA não sejam obrigados a participar de oficinas de feminismo, gênero e história do movimento LGBT

logoO Juiz da 14ª Vara da Justiça Federal em Brasília concedeu liminar requerida em ação civil pública ajuizada pelo Escola sem Partido, para que nenhum calouro da UFLA seja punido (desligado da universidade) por se recusar a assistir às oficinas de feminismo, gênero e história do movimento LGBT na semana de recepção dos calouros realizada em 13 a 16 de março.

Com fundamento na liberdade de consciência e de crença dos calouros, o Juiz determinou "que a Universidade demandada se abstenha de desvincular de seu corpo discente qualquer aluno que se recusar, por razões de convicção filosófica ou religiosa, de participar de qualquer uma daquelas oficinas programadas para a Recepção de seus Calouros 2018/1."

Para ler a decisão, clique AQUI.

Pagina 1 de 52

 


Tomatadas

O Blog do Diniz


De olho no livro didático

Blog do Prof. Orley


Não deixe que seu professor faça isso com você.


Denuncie!


Enfim, o tema musical da educação brasileira



Biblioteca Politicamente Incorreta

O-Guia-politicamente-incorreto-da-história-da-América-Latina


 

Popular

Novidades

Contato