Artigos

Divulgaremos neste espaço artigos relacionados à questão da instrumentalização do ensino para fins político-partidários e ideológicos.

As páginas do EscolasemPartido.org estão abertas a todos os que tenham algo a dizer sobre o tema de que nos ocupamos, não importando a faixa do espectro político-ideológico em que se situem.


Em vez de atacar o Projeto Escola sem Partido, o SINPRO deveria propor o projeto ESCOLA COM PARTIDO. Fica a dica.

PROJETO DE LEI …./2015

Institui, no âmbito do sistema de ensino no Distrito Federal, o "Programa Escola COM Partido".

A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta:

Art. 1º. Fica criado, no âmbito do sistema de ensino do Distrito Federal, o “Programa Escola COM Partido”, atendidos os seguintes princípios:

I - aparelhamento político-partidário do sistema de ensino;

II - direito do professor de fazer a cabeça dos alunos.

Art. 2º. No exercício de suas funções, o professor:

I - PODERÁ abusar da inexperiência, da imaturidade e da falta de conhecimento dos alunos, com o objetivo de cooptá-los para esta ou aquela corrente política, ideológica ou partidária;

II - PODERÁ favorecer ou prejudicar os alunos em razão de suas convicções políticas, ideológicas, morais ou religiosas;

III - PODERÁ fazer propaganda político-partidária em sala de aula e usar seus alunos como massa de manobra dos seus próprios interesses;

IV - PODERÁ omitir, inventar, exagerar ou distorcer o que for necessário ou conveniente para inculcar nos alunos suas próprias convicções e preferências políticas, ideológicas e partidárias;

V - PODERÁ usurpar o direito dos pais dos alunos sobre a educação moral de seus filhos.

Art. 3º. Os estudantes e seus pais serão informados sobre os direitos referidos no art. 2º desta Lei.

Art.4º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário da Constituição Federal e da Convenção Americana sobre Direitos Humanos.

Projeto de Lei tipifica o crime de Assédio Ideológico

Resultado de imagem para rogerio marinhoO Deputado Rogério Marinho (PSDB/RN) apresentou, em 13.05.2015, projeto de lei tipificando o crime de assédio ideológico (para ler o projeto, clique aqui).

Nossa opinião sobre o projeto é a seguinte: acreditamos que o PL 867/2015, que inclui o Programa Escola sem Partido entre as diretrizes e bases da educação nacional, contém mecanismos suficientes para impedir o abuso da liberdade de ensinar por parte dos professores.

Leia mais...

O Professor é um ser do amor e não da luta

 Por Gabriel Artur Marra e Rosa*

Ser professor é se dedicar ao amor.

É levantar-se bem cedo e pensar em como fazer para que a aula seja interessante.

É deitar-se pensando em como melhorar a aula do dia seguinte.

É enxergar em cada aluno o seu potencial e as suas particularidades.

Lembrar-se das dúvidas e pesquisar sobre qual é a melhor forma para esclarecê-las.

Pensar em como fomentar o desenvolvimento do potencial e a superação das dificuldades.

Leia mais...

 


Tomatadas

O Blog do Diniz


De olho no livro didático

Blog do Prof. Orley


Não deixe que seu professor faça isso com você.


Denuncie!


Enfim, o tema musical da educação brasileira



Biblioteca Politicamente Incorreta

O-Guia-politicamente-incorreto-da-história-da-América-Latina


 

Popular

Novidades

Contato