Depoimentos

Divulgaremos neste espaço depoimentos de estudantes que tiveram ou ainda têm de aturar a militância político-partidária ou ideológica de seus professores.

Esperamos, com isso, alcançar um duplo resultado. O primeiro é ajudar outros estudantes a identificar as estratégias de doutrinação e propaganda utilizadas por seus professores e, naturalmente, se precaver contra elas. O segundo é mostrar aos professores que porventura se reconheçam em tais depoimentos o grande erro que vêm cometendo ao tentar fazer de seus alunos futuros "agentes de transformação social", a serviço desse ou daquele partido ou ideologia.


Mensagem enviada em julho de 2004

O autor da denúncia não quis se identificar.

*  *  *

No período de fevereiro a abril de 2004 fui aluno [da professora Vera Lopes] no pré-vestibular Soma. Após fazer uma segunda reclamação para o diretor da escola, achei melhor sair do cursinho com medo de retaliações na universidade ou boicote durante o vestibular. De certa forma, eu tinha medo de todos os tipos de vingança que poderiam acontecer comigo.

Leia mais...

Mensagem enviada por um professor universitário em 21.10.2006

Tomei conhecimento desse site no Orkut. Sinto-me feliz e, de certa forma, tranquilizado por iniciativas como essa. Sou professor universitário e não suporto mais o clima sufocante que o ativismo esquerdista fez pairar sobre nossas instituições de ensino.

Na área de ciências humanas, nem se fala. Sinto que estou perdendo toda minha energia intelectual, todo entusiasmo que sempre me moveu nos estudos. Não tenho interlocutores no meio acadêmico em que exerço minha atividade profissional. A todo instante, sou atormentado pela burrice politicamente correta que investe contra tudo que há de mais sólido na cultura: religião, ciência, filosofia, arte, em favor da militância marxista.

Leia mais...

Mensagem enviada por Felipe Svaluto, em maio de 2004

Esta foi a primeira denúncia recebida pelo ESP. A professora Sônia Rebel, do Depto. de História da Universidade Federal Fluminense, foi cientificada do teor da denúncia, mas não respondeu. A reação ficou por conta dos colegas de Felipe, que o atacaram duramente num grupo de discussão do Centro Acadêmico, sem contestar os fatos relatados na denúncia. Para saber como agem os covardes que formam a tropa de choque dos professores militantes, clique AQUI. Para ler as mensagens postadas no grupo de discussão, clique AQUI.

 *  *  *

Torna-se até cansativo elencar atos de doutrinação perpetrados pela Sra. Sônia Rebel; sendo econômico e abandonando anseios estilísticos nesse texto posso citar, em ordem mais ou menos cronológica:

Leia mais...

Pagina 20 de 20

 


Tomatadas

O Blog do Diniz


De olho no livro didático

Blog do Prof. Orley


Não deixe que seu professor faça isso com você.


Denuncie!


Enfim, o tema musical da educação brasileira



Biblioteca Politicamente Incorreta

O-Guia-politicamente-incorreto-da-história-da-América-Latina


 

Popular

Novidades

Contato