Livros Didáticos

Não é fácil saber o que acontece dentro de uma sala de aula. A doutrinação, em geral, não deixa rastro, a não ser na cabeça dos alunos. Por isso, é importante conhecer o conteúdo dos livros didáticos, pois eles constituem um forte indício do enfoque adotado pelos professores em suas aulas.

Com esse objetivo, divulgaremos neste espaço resenhas, análises críticas e reportagens sobre o viés ideológico e moral dos livros didáticos e paradidáticos do ensino fundamental e do ensino médio.


O que estão ensinando a nossas crianças? (1ª parte)

Reportagem de capa da revista Época, publicada em 22 de outubro de 2007.

Boa parte dos livros didáticos apresenta distorções ideológicas. Por que elas existem e como comprometem a educação.

ALEXANDRE MANSUR, LUCIANA VICÁRIA E RENATA LEAL

Alex and LailaA catarinense Mayra Ceron Pereira, que mora na cidade de Lages, se sentiu incomodada com a lição de casa do filho, no início do ano. Aluno da 7a série do colégio Bom Jesus, uma rede privada do sul do país, Gabriel, de 13 anos, tinha de definir o que é a mais-valia. Ela folheou o livro Terra e Propriedade, da coleção História Temática, que ele usa na escola, e encontrou uma foto de José Rainha, líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “Ele aparecia apenas como líder social”, diz Mayra. “Não havia a informação de que foi condenado pela Justiça.” Em uma leitura mais atenta, ela se incomodou ainda mais com o que identificou como maniqueísmo nos textos. “Os poderosos são sempre os vilões, e os proletários os coitados. Não acho saudável crescer dividindo o mundo entre vítimas e culpados”, afirma Mayra, que é vereadora do partido Democratas (ex-PFL). “Eu não quero um livro neoliberal. Quero que deixem meu filho desenvolver seu julgamento no futuro. Nesse livro, as pessoas já vêm julgadas e condenadas.”

Leia mais...

Doutrinação Ideológica Escolar: Geografia e Português - José William Vesentini - Sistema de Ensino SER (Ed. Abril) 2º Ano Ensino Médio

Por Klauber Cristofen Pires

Prezados Leitores,

Ponho-me novamente à disposição de um pai indignado com a doutrinação ideológica escolar. Desta vez, recebi a denúncia em meados de dezembro do ano passado, mas decidi guardar a publicação da análise para o início deste ano, com vistas a encontrar-se com o início do ano letivo.

Sempre lembrando, peço a todos os leitores que contribuam enviando cópias escaneadas ou fotografadas dos livros de seus filhos que contenham textos ideologicamente tendenciosos. Não esqueçam de incluir a capa do livro, e de dar as referências tais como título, ano e nº da edição, nome da editora e autor.

Leia mais...

História Geral e do Brasil, Vol. 3, Ed. Scipione, de Cláudio Viventino e Gianpaolo Dorigo

Por Klauber Cristofen Pires

Como muitos devem saber, uma das missões a que tenho me dedicado é a de denunciar os livros escolares carregados de distorções históricas com viés ideologizante. Este é um combate que todos os pais e mães devem participar ativamente, se não quiserem ver seus filhos se tornarem ovelhinhas eleitorais a comerem na mão de políticos inescrupulosos.

Desta vez, um estudante entregou-me cópias do 11º capítulo do livro escolar História Geral e do Brasil, Volume 03, dos autores Cláudio Vicentino e Gianpaolo Dorigo (1ª Ed.), Editora Scipione, São Paulo, 2012, que trata do regime militar e analiso adiante, reproduzindo trechos do livro em  vermelho:

Leia mais...

 


Tomatadas

O Blog do Diniz


De olho no livro didático

Blog do Prof. Orley


Não deixe que seu professor faça isso com você.


Denuncie!


Enfim, o tema musical da educação brasileira



Biblioteca Politicamente Incorreta

O-Guia-politicamente-incorreto-da-história-da-América-Latina


 

Popular

Novidades

Contato