Mídia

Muita política e pouca gramática os males da escola são

Estudantes vão às ruas e mostram o que aprenderam com seus professores "despertadores de consciência crítica". O vexame é perfeitamente compatível com os resultados da pesquisa CNT/Sensus, segundo a qual para 78% dos professores a principal missão da escola é "formar cidadãos", e para apenas 8% é "ensinar as matérias".

Reportagem fotográfica publicada no UOL Educação, em 2 de julho de 2013.

Nas últimas semanas, manifestantes de todo o país saíram às ruas com cartazes e pedidos de mudança. Alguns pecaram no português (de propósito ou não): esqueceram crases, não conferiram a grafia correta de algumas palavras ou erraram a concordância. Os amigos se prepararam para a manifestação, mas esqueceram de consultar o dicionário antes de sair para a rua. Veja a seguir os erros (ou sátiras) e as suas devidas correções:

Nesta foto, o manifestante criticou a verba destinada aos estádios da Copa do Mundo, mas pecou na concordância verbal. O correto seria: "Não se fazem hospitais com Copa do Mundo". (...)

Leia mais...

O fim da doutrinação pode estar próximo

Basta que os alunos relatem nas redes sociais não só os problemas estruturais da escola, mas também o que escutam de seus professores militantes entre as quatro paredes das salas de aula. Abaixo, reportagem da Folha de São Paulo publicada em 07.10.2012.

*  *  *

Alunos criam páginas na web para 'dedurar' escolas

'Diário de classe' vira febre entre estudantes do país ao denunciar problemas

Inspirados em garota catarinense, jovens conseguem obter melhorias; outros sofrem represálias

NATÁLIA CANCIAN
DE SÃO PAULO

Paredes sustentadas por escoras, janelas quebradas, fiação exposta e refeitório fechado na hora da merenda. Imagens de problemas como esses começam a se espalhar nas redes sociais.

Leia mais...

A que ponto chegou o domínio do PT sobre as escolas!

Vejam abaixo a chocante cobertura jornalística de uma reunião realizada pelo PT dentro de uma escola no Município de Quixadá, no Ceará. O caso retrata não apenas o domínio absoluto do PT sobre as escolas públicas -- que a militância trata como se fosse propriedade sua -- como o apreço do partido pela liberdade de imprensa.

Haverá no Brasil escola pública que não tenha sido totalmente aparelhada pelo PT?

*  *  *

Jornalista é agredido e retoma gravação com rosto ensanguentado no Ceará

Um repórter foi agredido no domingo (16) durante cobertura da campanha eleitoral em Quixadá (174 km de Fortaleza). Wal Alencar, do Sistema Monólitos de Comunicação, levou seis pontos no rosto e vai ficar afastado de suas funções por cerca de 30 dias, informou a polícia.

Leia mais...

 


Tomatadas

O Blog do Diniz


De olho no livro didático

Blog do Prof. Orley


Não deixe que seu professor faça isso com você.


Denuncie!


Enfim, o tema musical da educação brasileira



Biblioteca Politicamente Incorreta

O-Guia-politicamente-incorreto-da-história-da-América-Latina


 

Popular

Novidades

Contato