Ministro Bacardi

Nossa primeira enquete, encerrada em 14/07/2004, perguntava aos visitantes do site se eles o consideravam uma iniciativa necessária. 87% dos votantes disseram que sim; vários visitantes deixaram comentários; uns a favor, outros contra. Entre as manifestações desfavoráveis, estava a seguinte, deixada por um tal “Raul Bacardi”:

“Pois é, agora que as universidades públicas começam, ainda muito timidamente, a incorporar gente do povão, democratizando-se, esse povinho reaça começa a chiar… 
Mas não adianta, não. Se por um lado neguinho vem com esse site, muita gente vai defender uma universidade “esquerdista” pros olhos de vcs, multiculturalista e pró-reforma agrária, pelo menos nas ciências sociais. 
Pau no cu dos fascistinhas!”

O que chama a atenção nesse comentário não é a grosseria, nem a defesa explícita do uso da educação para fins político-ideológicos. O que realmente impressiona é a profunda sintonia da idéia que ele expressa com a política do Ministério da Educação para o ensino superior. De onde se conclui que a educação brasileira está nas mãos de indivíduos que pensam como Raul Bacardi.

Deixe uma resposta