Mensagem enviada por aluna do curso de Pedagogia da UFF, em 28.08.2008

Minhas bibliografias são todas orientadas para autores marxistas ateus ou homossexuais. Todos! Em filosofia passam por Santo agostinho e Tomás de Aquino como se nada fossem. Bem rapidamente! Eles, na maioria, ou seja, não é só um professor, desqualificam qualquer ponto de vista que não seja o DELES. Perguntam direto coisas como: quem aqui se confessa? Só por motivos de deboche! Pressionam os alunos dizendo que quem realmente pensa descobrirá que Deus não existe. Ridicularizam os jesuítas e sua contribuição à educação. Enfim, todos os dias vou para a faculdade rezando. Comungo, rezo durante as aulas. Todos os dias é um bombardeio. Peço a Deus que me livre do pecado da omissão. Desejo estudar, terminar a faculdade e começar a trabalhar nas faculdades federais, pois é um terreno ateu e muitas vezes diabólico pois DIVIDE como o próprio nome já diz.

Deixe uma resposta