Mensagem enviada por servidor do Instituto Federal Farroupilha (04.10.2016)

Trabalho no Campus São Borja do Instituto Federal Farroupilha, instituição com alto nível de doutrinação ideológica (foi em minha instituição que aconteceu o evento chamado “Saiaço e gravataço”, cuja denúncia chegou até vocês há alguns meses).

Há reclamação de alguns alunos com relação à doutrinação a que são submetidos, porém os doutrinadores se enxergam como promotores de educação crítica e não como doutrinadores. Não importa a disciplina, aqui os limites da filosofia e da sociologia foram extrapolados. Já ouvi reclamações de doutrinação em aulas de biologia e de Artes, por exemplo. Quando se trata do programa escola sem partido, a rejeição entre os professores é gigantesca.

Anexo, encaminho para conhecimento de vocês um documento enviado a todos os servidores de minha instituição. Trata-se de uma nota técnica (até uma criança de 10 anos escreveria algo melhor) expedida pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. O documento está tão aquém de uma análise técnica e tão ideologicamente orientado que chega a dar vergonha.

Meus parabéns pelo excelente trabalho que vocês têm desenvolvido. Eu estou de olho, os meus filhos não serão doutrinados.

Deixe uma resposta