Sem noção e sem limite: a erotização criminosa da infância

Leia, a seguir, trechos do livro “Mamãe, como eu nasci?”, de Marcos Ribeiro (Editora Salamandra, 2ª edição), para crianças de 7 a 10 anos. Em 2010, 25 mil exemplares da obra foram distribuídos aos alunos da rede municipal de ensino de Recife.

página 15

Olha, ele fica duro!

Certo! Isso acontece de vez em quando.

O pênis do papai fica duro também?

Algumas vezes, e o papai acha muito gostoso. Os homens gostam quando o seu pênis fica duro.

página 16

Aí os espermatozóides se misturam com um líquido que se chama sêmen. Esse líquido, que é grosso e pegajoso, sai da ponta do pênis do homem. É uma sensação muito boa.

páginas 18 e 19

Se você abrir um pouquinho as pernas e olhar por um espelhinho, vai ver bem melhor.

Aqui em cima está o seu clitóris, que faz as mulheres sentirem muito prazer ao ser tocado, porque é gostoso.

página 22

Agora que você já sabe o que é o pênis e a vulva, vale dizer mais uma coisa.

Alguns meninos gostam de brincar com o seu pênis, e algumas meninas com a sua vulva, porque é gostoso.

As pessoas grandes dizem que isso vicia ou “tira a mão daí que isso é feio”. Só sabem abrir a boca para proibir. Mas a verdade é que essa brincadeira não causa nenhum problema. Você só tem que tomar cuidado para não sujar ou machucar, porque é um lugar muito sensível.

Mas não esqueça: essa brincadeira, que dá uma cosquinha muito boa, não é para ser feita em qualquer lugar. É bom que você esteja num canto, sem ninguém por perto.

página 26

Já nesse momento o pênis está duro (ereto), bem maior do que é normalmente. E a vulva também fica um pouco molhadinha.

Eles ficam bem juntinhos, bem abraçados, e, então, o homem coloca o pênis dentro da vagina da mulher. A mulher gosta muito e o homem também. O homem movimenta o pênis para dentro e para fora da vagina várias vezes com a ajuda da mulher.

 

Deixe uma resposta