Uma caricatura da caricatura do professor “crítico”

Mensagem enviada por Mário ao blog do Reinaldo Azevedo, em 19.11.2008.

*  *  *

Sou professor, e há duas semanas deparei-me com a divulgação da conclusão de uma dissertação de mestrado de uma professora aqui do meu estado. O trabalho de “pesquisa” chegava à esdrúxula conclusão de que uma das causas principais do fracasso dos estudantes da rede pública de Alagoas é o racismo! Depois de um intenso debate com partidários da professora (sim, partidários, mesmo), no qual eu exigia apenas a divulgação do trabalho e os fatos que a levaram a essa conclusão a respeito do tema, a autora revelou as fontes e a inspiração de onde onde partiu o seu “trabalho”: Professor Peter McLaren, da UCLA.

Caro, Reinaldo, quando o assunto é doutrinação ideológica, nunca vi coisa tão grotesca quanto as idéias (e o site) do tal professor McLaren. Não sei se vc já conhece, se não, dê uma olhada no site do tal professor que tem orgulho de ser “discípulo de Paulo Freire”. O site abre com a efígie do Guevara e a música Hasta Siempre Comandante. Hà também um video onde McLaren e um outro “professor” discutem o seguinte tema:”Pedagogy, Human Development and Socialism: The Bolivarian Revolution.” Confira, além de trágico, é cômico, o cara é uma caricatura da caricatura do professor “crítico”. Segue o link do site do “professor” onde a questão da “abolição da brancura” faz parte do projeto do novo socialismo do século XXI:

http://www.gseis.ucla.edu/faculty/pages/mclaren/

Deixe uma resposta