Vítimas da doutrinação processam Estado de Santa Catarina por danos morais

Uma estudante de Caçador-SC e sua mãe estão pedindo a condenação do Estado de Santa Catarina ao pagamento de R$ 100 mil a título de reparação dos danos morais causados por uma professora da rede estadual.

A Profª Márcia Regina Ortz, da Escola Estadual Naya Gonzaga Sampaio, de Caçador-SC, usou sua aula para falar mal da religião dos alunos e atacar adversários políticos do PT. Relembre o caso:

A ação foi ajuizada no dia 17.01.2020, sob o patrocínio do advogado Miguel Nagib, fundador do Escola sem Partido.

Para ler a íntegra da petição inicial, clique AQUI

Open chat
1
Olá 😊 !!!! Como podemos ajudar?
Powered by